Sobremesas para divertir!

Sobremesas para divertir!

Para o melhor confeiteiro espanhol, Jordi Roca, as sobremesas devem divertir. Nós voltamos encantados do festival de gastronomia de Tiradentes, onde participamos de palestra e oficina com o chef do segundo melhor restaurante do mundo, o Celler de Can Roca, em Girona, Espanha. Para ele, o ideal é conseguir o maior número possível de experiências sensoriais com o mínimo de ingredientes. A irreverência é a principal marca de seus doces, que costumam “enganar” os clientes. É o caso do damasco falso, feito com textura de caramelo inflado com ar, pintado até ficar idêntico à fruta e recheado com creme de damasco. Sempre causa surpresa na mesa!

Praticamente tudo que ele faz não é nada convencional. E nesse lista entra cromoterapia de laranja, petits fours pulverizados com um perfume de limão que ele mesmo criou, creme de flor de azahar e chocolate recheado de fumaça de cigarro cubano. Tudo é inusitado, como a sobremesa feita com chá-verde e borrifada com perfume Bvlgari e o prato Anarquia, que ele oferece 43 elementos minúculos, entre eles, cremes, gelatinas e frutas. Na oficina de Tiradentes ele arrancou suspiros com as faz bolhas de açúcar a partir de uma técnica, para inchá-la, que nunca havia sido aplicada
na confeitaria.

Para Jordi Roca, uma boa sobremesa deve ter um fio condutor que una todos os ingredientes, uma referência da gastronomia local, ser bonita e instigar o apetite, e de algum modo, divertida. Ele costuma dizer que a sobremesa deve agradar às crianças. E o chef espanhol testa suas criações com seus sobrinhos. Olé!


admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>